Reflexões Femininas

A beleza masculina – Por Símia Zen.

leave a comment »

Homem VitruvianoA definição da beleza física masculina tem bases em valores culturais construídos e destruídos de geração a geração, bem como próprio conceito de masculino, mas há algo universal e transcendente a qualquer conceito regional na beleza física do ser humano macho e fêmea, que é a simetria e proporcionalidade entre as partes do corpo conjugadas com vitalidade.
 .
Nossos corpos, em todas as etnias da vasta fauna humana quando não estão formatados nesta regra natural da simetria e proporcionalidade, a principio, não são expressões do protótipo universal da natureza, no entanto, o mundo material esta sempre em mutação, e nisso um sem numero de variantes naturais vão ocorrendo por conta do resultado casual dos enlaces de genes entre nossos ancestrais, porque a natureza é dinâmica em seu macro ritmo e com mais a interferência da ação humana, vai se transformando continuamente, criando e recriando o universo de formas do qual nossos corpos fazem parte[2]. Em tempos passados, tivemos outras características formais e com certeza, em tempos futuros provavelmente maturemos à outras, pois as formas de nossos corpos vão se modificando para se adaptar de acordo com a solicitação do meio ambiente, mas esse é um processo de evolução muito lento, quase imperceptível em curtos espaços de tempo aos nossos olhos “nus’, portanto, o que vigora em termos formais é ainda a simetria e proporcionalidade que conhecemos, e é neste modelo que sentimos como corpos Belos no geral.
 .
Mesmo o conceito de beleza mudando de acordo com o contexto histórico e geográfico dos povos e nos gostos individuais também, então, não há um só conceito e sim múltiplos conceitos que podem ser antagônicos ou complementares. Eu acredito que possamos considerar a beleza do ser humano de muitas maneiras, pelo olhar estético (sua forma física) e pelo poético (em sua essência e virtudes), e com esses olhares fundidos, se pode enxergar o todo de nossa beleza humana, mas para isso se tem que ter um olhar livre, descomprometido com padrões temporais de beleza, pois estes podem nos levam a modismos que nos privariam a percebe-la no outro e em nós mesmos. Considerando isso, me entrego a desvendar o puro masculino, sobre o que seria sua beleza no meu sentir e as questões em que ela pode estar interligada na atualidade.
 .
Senhores, nas minhas idas e vindas de casa, sinto o vasto mundo de formas e cores do caminho, nisso me comovo tanto com a beleza quanto com a fealdade que entram pelos meus olhos de bicho sensível-pensante. Em toda essa variedade, as formas dos masculinos são imãs para meus olhos, me posiciono imperceptível e assisto suas belezas múltiplas como assisto o Sol nascente e poente, me deixo enlevar numa contemplação silenciosa com os meus botões. Cheguei a conclusão de que os homens são belos[3], a menos que estejam com deformações que os impeçam de desempenhar a vida de maneira plena, ou que, por desventura, estejam enfermos. Todos vocês são belos. Todos são magníficos na vasta fauna humana, todos lindos. Todos. De todas as cores, minuciosamente bem feitos na arte pura e exuberante da natureza. Vocês são lindos como o Sol.
 .
A natureza formou os corpos machos com um capricho incrível, são mais enfeitados do que os das fêmeas. Os pássaros são lindos demais com suas plumagens extravagantes e as vezes hiper coloridas, como a do pavão, ô bicho lindo! Os mamíferos com pelagem em paletas lindas e chifres estupendos; os peixes também são belos, até o Gupi tem uma calda show! Nos homens, as características naturais são igualmente exuberantes como, por exemplo, o Pomo de Adão, que além da função biológica, é uma verdadeira joia no pescoço. Ver um homem falando, comendo, bebendo, cantando, e o Pomo de Adão lá… Movendo-se pra cima e pra baixo, é bom demais… E perturbador também. Acho que vocês nem ligam para esse adorno natural, nem para seus pelos, não notam a beleza da pelagem em seus rostos e corpos, que pena… A fauna humana é muito rica, tem homem lindo de tudo quanto é tipo, e de virtudes morais e espirituais também.
 .
Senhores, o fator cultural interfere na visão do belo, pois a cultura sempre abrange determinantes além do natural comprometidos com alguma ideologia vigente, e como ninguém é impermeável às influencias culturais do grupo em que está inserido, assimila seu senso comum inclusive no plano estético. Em muitas regiões do país, infelizmente ainda há uma crença de que o homem não seria belo dentro de suas características físicas naturais, é comum ouvirmos a frase absurda que define a mulher como sendo “O belo sexo”, quando na verdade tanto a mulher quanto o homem poderiam ser definidos assim, até porque, os machos têm os corpos mais enfeitados. Essa distorção invade o inconsciente coletivo dos homens, atrapalhando-os de verem suas características especificas masculinas como belas também. Uma lástima.
 .
Uma das causas da crença que o homem não seria um belo sexo ocorre porque, desde pequeninos, os homens são educados a não se apreciarem esteticamente em suas características corpóreas mesmo que seja apenas no seu próprio corpo, e sim, induzidos a “venerar” as formas femininas sobretudo numa visão do corpo feminino como objeto sexual, e pior: valorar como superior e inferior a mulher dentro desta visão coisificadora nefasta. Outra é que os machos humanos tem vocação natural a sentir a beleza como principal critério para selecionar fêmeas para o amor e sexo, e, naturalmente, valorizam demais as características especificamente femininas por isso. Então, pelos seus próprios referenciais de seleção, acabam por achar que não seriam belos por ter características físicas tão diferentes das dos seres que “idolatram” como belos. O efeito dessa crença é catastrófico, pois o homem inconscientemente tende a achar-se feio diante da mulher, acaba por tabela se sentindo inferior as mulheres que ele avalia como belas, e assim, ele passa a acreditar que não é tão selecionável ou amável por ter corpo diferente do que ele vê como o bonito, tomando desta maneira seu próprio gosto e referencial de escolha como único absoluto, mas isso não é verdade. Por outro lado, nós fêmeas temos gostos diversos e vemos as características dos machos como belas. Bom… Nem todas, existem muitas mulheres que estão impregnadas de modismos misândricos, daí não podem perceber a beleza das características corporais naturais dos machos.
 .
Enfim se chega aos casos dos homens subservientes às amigas, ficantes, namoradas e esposas, por se verem como um ogro diante de uma fada ou de um sapo diante da princesinha. Aí danou-se! Neste complexo de inferioridade, reuni-se os ingredientes certos para ele achar que a mulher lhe faz um favor em lhe corresponder atenção e afeto, fazendo com que se sinta grato ou em dívida para com ela, então fica internamente compelido a lhe retribuir ou a pagar por tal favor, daí em diante “é água morro abaixo”, isto é: Ele se permitirá a ser explorado, servirá como burro de carga e coisa de fazer dinheiro numa submissão voluntária para se sentir retribuindo a altura tais favores e achando que com isso poderá manter a mulher ao seu lado, ou seja: pagando por amar.
 .
Senhores, a verdade é que a natureza formou corpos humanos na versão feminina e masculina para complementarem-se e assim realizar a deliciosa missão de replicação da espécie humana, e em suas funcionalidades naturais, mulheres e principalmente os homens são belos por natureza, daí não há muito mais a problematizar. O que todos nós podemos e devemos fazer é cuidar de nossa higiene, saúde e beleza natural externa e interna, primeiramente para nós mesmos, exercendo a responsabilidade e o amor para conosco generosamente, e depois como expressão de afeto e consideração para os com outros. Só isso. De resto, tudo é efêmero, é só uma bela de uma “construção social”nefasta (coisificadora do ser humano), não há porque levar muito a sério.
 .
Bom… Depois de tanta “escrivinhação”, me despeço dos senhores, desejando que se olhem no espelho com olhos livres e percebam o quanto são belas suas características masculinas, e que se aceitem como seres belos também. As belezas são diferentes, mas equivalentes, ou seja: em termos estéticos entre homens e mulheres, ninguém deve nada a ninguém. O importante é que vocês se permitam brilhar como o Sol.
 .
Saudações respeitosas,
 .
Símia Zen.
 .
 ===========
Notas do editor:
[2] Desmond Norris nos livros O Macaco Nu e A Mulher Nua, respectivamente, realizou várias descrições anatômicas detalhadas do corpo humano.
[3] A respeito desse assunto recomendo que também leiam Esther Vilar em O Homem Domado.
Posted 13th July 2010 by Shâmtia Ayômide
Labels: Masculinidade Simia Zen
===========
Fonte: Texto originalmente publicado no site Reflexões Masculinas – Revista Online sobre o Homem e a Masculinidade  http://reflexoes-masculinas.blogspot.com.br/2010/07/beleza-masculina.html
============================================================SZ.
Anúncios

Written by Símia Zen

18/04/2013 às 14:05

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: